Tags

, , , , , ,

Coisas da vida.

Entre janeiro e abril de 2016, eu pedalei aproximadamente 1300 km. Entre janeiro e junho deste ano pedalei menos de 200 km. Trabalho, trabalho, trabalho, trabalho. Não que no ano passado estivesse de folga, ao contrário, a carga foi a mesma, mas consegui organizar melhor o meu tempo.

Até o pedal entre a minha casa e a Universidade está difícil este ano, visto que agora estou com a maior parte das aulas no turno noturno e a UESC fica no meio da rodovia Ilhéus-Itabuna – para quem não é da região, na altura do quilômetro 16.

Mas o recesso vem aí e já estou planejando pegar a estrada novamente. Inicialmente pretendo seguir na direção da Chapada Diamantina. A romaria do Bom Jesus da Lapa deste ano furou. Estou no meio do semestre acadêmico e desta forma não vou participar. Estou doente por conta disto.

Por enquanto, resta-me fazer a manutenção de Martina e preparar tudo para pegarmos a estrada juntos. Pretendo ter ao menos duas semanas de pedal solitário.

Martina, prestes a voltar para a estrada. É só colocar os alforges!

Anúncios